Últimas Notícias
Guarapari

Vereador manda colega “tirar calcinha do rego” durante sessão na Câmara de VV

O vereador Devacir Rabello ofendeu o parlamentar Renzo Mendes com falas homofóbicas durante a sessão da última quarta-feira




O durante a sessão da última quarta-feira, dia 03, o vereador Devacir Rabello (PL) ofendeu o parlamentar Renzo Mendes (PP) com falas homofóbicas, na Câmara de Vereadores de Vila Velha. A transmissão da sessão foi feita por meio do Youtube e o vídeo já circula nas redes sociais.

Na ocasião, o vereador do PL discursava na tribuna do plenário sobre suas ideologias políticas, quando reivindicou que a presidente da Câmara soasse o sino para que seu direito de fala fosse garantido. Disse ainda, em tom jocoso, que os vereadores estavam atrapalhando o seu raciocínio.

Nesse momento, Renzo Mendes – que discutia um projeto do executivo com um colega no plenário – tentou se manifestar, alegando que Devacir Rabello estava “quebrando decoro”. Foi quando, o vereador do PL disparou: “você está nervosinho demais. Tira sua calcinha do rego, que você não é essa bichona toda”.

Para o parlamentar, o desrespeito e a ofensa foram direcionados às pessoas que se identificam como LGBTQIA+. “No momento, eu nem ouvi o que ele disse, só fui entender depois que assisti ao vídeo. Mesmo assim, teria agido da mesma forma, com cautela e bom senso. Acho que da parte dele faltou respeito e equilíbrio emocional”, disse Renzo.

Segundo o vereador do PP, Devacir Rabello poderia ter tido cautela com as escolhas das palavras, até mesmo ao reivindicar o direito de fala na tribuna. Incomodado com a forma que o colega pediu que tocasse o sino, soou como uma alfinetada e incomodou Renzo, que logo tentou se justificar.

“Ele estava discursando sobre ideologia política partidária. Ele tem direito, claro. No entanto, nós estávamos discutindo projeto de lei, que impacta a população. Me senti ofendido. Ele falou que estávamos atrapalhando o raciocínio dele. Podia só ter pedido para tocar o sino para garantir o direito de fala dele”, explicou o vereador.

Em nota, Devacir Rabello pediu desculpa por qualquer excesso que tenha cometido e para qualquer vereador que tenha se ofendido, pois, não tem compromisso com o erro e, como qualquer ser humano, pode ter cometido alguma falha, sobretudo em um ambiente de debates acalorados como é o parlamento.


Pela Redação

Por Poral ES Digital



« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário