Últimas Notícias
Guarapari

Dia da Mata Atlântica: 80% do bioma já foi desmatado no Espírito Santo

De acordo com o Instituto Nacional da Mata Atlântica, um dos principais motivos para a redução da área de mata no estado é por conta do agronegócio, somado à ocupação humana


Lar do cachorro-do-mato, capivara, mico-leão-dourado, onça-pintada e de uma grande biodiversidade de fauna e flora, a Mata Atlântica é alvo constante do desmatamento com as expansões urbanas. Predominante no Espírito Santo, a estimativa é que cerca de 80% do bioma já foi desmatado em solo capixaba desde o início do século passado.


Os dados são do Instituto Nacional da Mata Atlântica, órgão federal sediado na cidade de Santa Teresa, região serrana do estado. De acordo com os estudos, um dos principais motivos para a redução da área de mata no estado é por conta do agronegócio, somado à ocupação humana ao longo dos anos.

Dia da Mata Atlântica: 80% do bioma já foi desmatado no Espírito Santo
Mata Atlântica do Espírito Santo. Foto: Reprodução/ SOS Mata Atlântica


No dia 27 de maio é comemorado o Dia da Mata Atlântica, que está presente em 17 estados do Brasil. O diretor do Instituto Nacional da Mata Atlântica, Sérgio Lucena, explica que a primeira metade do século XX foi de intenso desmatamento da área florestal no estado por conta da agropecuária.


“Oficialmente, o Brasil foi dividido em biomas, como a Mata Atlântica, Cerrado, Amazônia. O estado do Espírito Santo possui, originalmente, 100% do seu território no bioma Mata Atlântica, então ele é um dos poucos estados que era completamente coberto por esse bioma. O que houve é que essa mata que cobria todo o estado, com a ocupação humana, vem sendo reduzida até chegar aos níveis que está hoje”, explicou.


A conservação da Mata Atlântica é lei no Brasil desde 2006. Já existe um comportamento de regeneração natural e espontânea da Mata Atlântica no estado. Em regiões em que a terra foi abandonada, sem atividades produtivas, a natureza faz o seu trabalho, com remanescentes naturais da mata e influência de animais e insetos que favorecem o ressurgimento do bioma nestas áreas.


Além disso, iniciativas de reflorestamento também são importantes e produzem bons resultados para evitar que o percentual de mata fique ainda mais reduzido no Brasil. No Espírito Santo, são 76 reservas biológicas de preservação da Mata Atlântica, de acordo com o Instituto Estadual do Meio Ambiente.


Da Redação
Por Portal ES Digital



« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário