Últimas Notícias
Guarapari

ES deve zerar atrasos da 2ª dose da Coronavac até a próxima semana

A confirmação foi feita pelo governador do Estado, Renato Casagrande, durante entrevista ao Estúdio 360

O governo do Espírito Santo espera zerar o atraso da segunda dose da Coronavac até o início da próxima semana. Ainda nesta semana, o estado deve receber até 40 mil doses do imunizante. A previsões foram feitas pelo governador do Estado, Renato Casagrande, durante entrevista ao Estúdio 360 na tarde desta segunda-feira (10).

Das 2 milhões de doses da vacina Coronavac – vacina produzida pelo Instituto Butantan em parceria com o laboratório chinês Sinovac Biotech – enviadas hoje ao Ministério da Saúde, Casagrande espera a vinda de 30 a 40 mil para o Espírito Santo. A expectativa é de que o novo lote chegue ao estado até quarta-feira (12).

ES deve zerar atrasos da 2ª dose da Coronavac até a próxima semana

Vacina contra a covid-19. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde, cerca de 87.749 pessoas estão com a segunda dose da Coronavac atrasada. No último sábado (8), o estado recebeu uma nova remessa com 20 mil doses do imunizantes, para dar continuidade à aplicação da segunda dose contra a covid-19.

“O Instituto Butantan ainda precisa entregar o restante das 47 milhões das doses contratadas do primeiro lote feito pelo Ministério da Saúde. Com essa entrega final, esperamos vacinar todos os capixabas com a segunda dose em atraso. A expectativa é que até o final dessa semana ou início da semana que vem a gente consiga vacinar a todos que estão esperando pela segunda dose”, disse o governador. Até esta segunda-feira, o Painel Covid-19 mostra que Espírito Santo já recebeu um total 1.425.250 doses. Dessas 1.031.275 destinadas à 1ª dose e 372.368 à 2ª dose.

O governador ressaltou ainda que devem chegar 23 milhões de doses do imunizante produzido pela Pfizer no Espírito Santo. “Se a Fiocruz normalizar o fornecimento de vacina, o Butantan continuar fornecendo as 54 milhões de doses e chegar até 100 milhões no final do ano e se a Pfizer entregar com mais rotina, acredito que até dezembro deste ano todos os capixabas e brasileiros com mais 18 anos estarão imunizados”, frisou Casagrande.


Da Redação
Por ES 360



« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário